Busca no Blog

Carregando...

sábado, 8 de janeiro de 2011

A seca e os bovinos na caatinga do Sertão de Pernambuco




A foto

Nesta fotografia, podemos observar alguns bovinos na caatinga seca. A fotografia foi obtida no dia 4 de setembro de 2010 na caatinga da comunidade de Barreiro no município de Petrolina, PE.

O fato

A seca é uma regularidade na vida dos pequenos agricultores do Sertão de Pernambuco. Todo ano os agricultores já sabem que terão dificuldades para alimentar seus animais no período de seca que normalmente, ocorre de agosto a janeiro. Em alguns anos, ocorrem chuvas em outubro e dezembro que aliviam de forma significativa a fome dos animais e a falta de água. Contudo, quando as chuvas são irregulares, isto é, chove pouco mais de 250 a 350 mm no ano, na caatinga não é muita fácil para os agricultores que vivem nesta região. A situação fica mais difícil para aqueles agricultores que possuem bovinos, visto que, estes animais necessitam de um volume maior de alimentos para sobreviver no período de seca e, conseguir alimentos na caatinga seca não é tarefa fácil. Por outro lado, para aqueles agricultores que criam somente caprinos e ovinos, fica mais fácil conseguir alimentos para suplementar os animais no período de seca. Uma das alternativas mais utilizadas pelos agricultores para salvar partes dos rebanhos é a utilização das cactáceas da caatinga, principalmente o mandacaru, o xiquexique e a macambira. Na fotografia podemos ver alguns bovinos em busca de alimentos, pois na caatinga já não é mais possível sobreviver na seca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário